sábado, 8 de maio de 2010

Todos os sentimentos maiores têm choro. Coimbra chorou na queima.

Dia 7 de Maio de 2010, sexta feira, e noite com sentimento. Noite e Coimbra e Coimbra e Noite. A tuna de medicina e o céu que descarrega. Se todos os momentos de sentimentos profundos e sentidos têm o choro como marca, até o céu se emocionou e chorou em cima dos estudantes da cidade que "...é nossa até morrer".

Diogo Dias

8 comentários:

  1. Já ouvi dizer q so estiveram 30 minutos a actuar! :S ... mas definitivamente, são de longe a melhor tuna de Coimbra! Viva a TMUC!

    ResponderEliminar
  2. Olha, e vê se acertas as horas do teu blog, pq eu escrevi isto às 6h40 de 9 de Maio, nao às 22h39!

    ResponderEliminar
  3. Agora não percebo o título deste blog! Não, quando me foi dada a honra de ler poemas tão profundos, poemas com um pouco de tudo! Que orgulho tenho de ti! Obrigada pela honra! Fiquei muito emocionada! Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Ai Diogo... vai-te foder mais este texto! Até chorei! Coimbra é NOSSA!

    ResponderEliminar
  5. Olá meu querido e eterno aluno, amigo, poeta! O teu blog tem por título:"Pedaços de um bocado de nada"... E eu não concordo com este título embora o perceba perfeitamente. Quem escreve como tu e como me deste o prazer e honra de o ler, penso que é tão profundo, tão sentido, tão profundo, que os pedaços que aqui pões são um pedaço do "tudo" que tu és... Continua, por favor! Beijinho grande!

    ResponderEliminar
  6. Obrigada pelos elogios ao meu trabalho, são a minha terapia para aguentar as agressividades do dia-a-dia! Emocionas-me sempre!

    ResponderEliminar
  7. Não copiei! x] é só parecido!

    Chorei mesmo! :'D

    ResponderEliminar