quarta-feira, 21 de abril de 2010

até ao fim da linha
essa que fica pra lá do horizonte
essa que me atropela e fica distante
enfim
apenas essa que faz chorar
que faz sorrir
a que faz...

enfim

pensamento e sentidos activos

só disso e tudo

e enfim

nem sei se seria se tudo fosse simples
contudo
torna difícil,
sim, aumenta essa dificuldade pra sofrer e sentir mais
e sentir mais e sofrer ainda mais
e sofrer e sentir

tudo é dor, mas lá pelo meio, sentes
e sabes e sentes e sabes que quando sentes
sofres,
mas no fundo é fácil,
o difícil é esquecido
e a ilusão dá-te felicidade.

no fundo choras,
mas no fundo sentes que és feliz,
então somos... e acabou

1 comentário:

  1. E enquanto somos, tornamos a indiferença felicidade e a tristeza desejo de estar... com os amigos... depois da aula... e passar o intervalo e... continuar a estar... para sermos!!!
    Com saudade! Luísa

    ResponderEliminar