terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Regras


- “Sofrer é normal”. PÁRA!
Que felicidade resiste?,
no meio de ódios, raivas,
lágrimas. Fachada.

Conveniência,
do sorriso sempre belo
apesar de amarelo,
não de cor
sim de verdade. Factos.

Escola, trabalho. Não comas,
isso faz-te ter tempo pra ti
e eles não querem.
Trabalha, deixa a tua pele
e já agora o pouco
que obténs em compensação do que fazes.
Aclamas-te
pelo mundo Super-Máquina.
Na verdade
nem sabes se o fizeste;
implantado está, dominado estás,
constrangido és, livre foste.

Dogmas e esquemas e farsas.
O trio fantástico;
juntos no teu viver básico, limitado
pelo clássico:
“viver mata” trabalha apenas.

Queres respirar… mas é tarde,
num horário intensivo
muito produtivo mas pouco significativo
para o teu eu
que já nem fala.

1 comentário: